domingo, 27 de março de 2011

...

Nossa, três meses sem postar nada aqui. Wow.
E nesses meses tantas coisas acontecendo com o mundo...
Acho engraçado como conseguimos permanecer fechados em nós mesmos e nem dar atenção com o que acontece a nossa volta. Como se nossa vida fosse apenas aquilo e pronto!
Mas não é, a vida é mais do que acontece em nossos dias, ela vai além do que vemos e, possamos imaginar. Assim como o número 8 ela é “infinita” oi?. E apenas continuamos preocupados com nós mesmos, esquecendo-nos que existem milhares de pessoas fora dela. Pessoas de outras cores, outros sotaques, outros costumes, pessoas que talvez nem se quer parem para pensar no quão grande é o mundo, mas não porque ela seja egoísta, talvez porque a única preocupação dela seja o que encontrará amanhã para alimentar seus filhos.
Como podemos ser tão mesquinhos. Ficar nos preocupando com moda, ficar brigando com outros países sobre o que é melhor se realmente não olhamos a real necessidades dele, a real necessidade das pessoas que vivem nele!
Isso só faz aumentar o número de pessoas que só pensem nelas mesmas. Sim, porque crianças que crescem num país que se ache superior ao outro, ao lado de pessoas que nunca ajudaram ninguém, tem a probabilidade de se tornar um adulto individualista.
Não tô dizendo que devíamos parar de sonhar, planejar o futuro, e só ficar pensando no próximo, claro que não. Sonhos são ótimos, eu amo sonhar! Mas, com tudo que vem acontecendo daqui a alguns anos vai ficar difícil sonhar. E eu temo pelas crianças futuras, delas não poderem sonhar por uma coisa melhor porque elas possam nem saber o que é uma coisa melhor.
Essa política mundial é tão errada! Me enoja tanto esses “lideres” e a forma que eles conduzem os países. São guerras, países que tentam reprimir seus cidadãos, outros que se acham melhor e só se preocupam com seu “traseiro” gordo e cheio de dinheiro, outros que querem tomar mais um pedaço de terra...Com o quê realmente esses líderes estão preocupados?? Com seus filhos ou com o que eles vão ganhar com tudo isso?
Sei que economia é complicada, tem que tomar cuidado para que o país não venha a falir, mas penso que não precisa ser dessa maneira que eles fazem, desse jeito tão sujo, tão baixo...

                                                                                                                      Jessika de Sousa Macêdo.